Sensível experiência

O segundo semestre de 2014 foi marcado por propostas sensíveis. Os grupos decidiram realizar ações no campus da Unisinos que sensibilizassem alunos, professores e funcionários para questões que, muitas vezes pela correria do dia-a-dia, ficavam adormecidas. O Silêncio do Riso trouxe Charles Chaplin para o campus. Num lugar bastante movimentado, um ator caracterizado de Carlitos, olhava para as pessoas que passavam e mostrava uma placa. Havia várias delas com textos como: “você já sorriu hoje”, “você já abraçou alguém hoje”, entre outras. As reações foram as mais diversas, mas a maioria de muita aceitação. O ator foi abraçado, beijado, ganhou pipoca, água, refrigerante e muitos, mas muitos, sorrisos. Até selfie fez.

A outra ação trouxe a preocupação com os invisíveis. Pessoas que trabalham no campus e que, muitas vezes, não são vistas. Com a história da Dona Maria, funcionária do Fratello, um dos bares mais movimentados do campus, servindo de base para outros personagens serem revelados. O vídeo foi exibido durante o intervalo noturno das aulas no próprio Fratello com a presença de Dona Maria e emocionou muitas pessoas.

O curta-metragem desenvolvido trouxe o tema da intolerância. Na sala de espera do Consultório Paixão pessoas diferentes precisam se unir para resolver um problema. Neste semestre, a narrativa transmídia foi inserida na experiência e todo um material, que expande o universo do filme, foi criado (https://paixaoconsultorio.wordpress.com).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s